sexta-feira, 8 de novembro de 2013

O que mudou? (What has changed?)

Olho para o espelho e vejo que a minha cara está diferente ... a expressão de menina desapareceu ... a minha cara está mais carregada, meus olhos mais profundos ... sou uma pessoa diferente.

I look at the mirror and I see that my face is different ... the girly expression dissapeared ... my face is heavier, my eyes deeper ... I'm a different person.

Cresci sem reparar e, agora nesta fase onde tenho escolhas a fazer, eu vejo o que percorri para trás e digo "Fui parva. Errei de forma grave e devia ter calculado que as coisas não iam correr bem. Não usei a cabeça". Sinto imensa culpa, pois há sempre danos colaterais e a última coisa que queria era magoar.

I grew up without noticing it and now, at this stage which I find myself having to make choices, I see what I passed through and say "I was a fool. I made serious mistakes and I should have known that things wouldn't end up well. I didn't use my head". I feel so much guilt, because there's always colateral damages and the last thing I wanted was to hurt.

Apesar disso aprendi ... aprendi que eu controlo a minha vida. As oportunidades sou eu que as faço e que as encontro e procuro. Só eu as posso agarrar e como só temos 1 vida, há que agarra-las no momento certo, pois elas não voltam tão cedo. Podem ser oportunidades que não fazem qualquer tipo de sentido, mas ao menos não se fica com aquele sentimento de "e se eu tivesse feito aquilo?" na cabeça. 

Beside that I learned ... learned that I control my life. I make, find and look for my own oportunities. Only I can grab them and since we only have 1 life, we have to grab them on the right moment because they don't come back that often. Those oportunities might not make any sense, but at leat we don't get that "What if I have done that?" feeling in our head.

Passei 3 anos da minha vida a perseguir um sonho e um sentimento que não valeu a pena. Não quero voltar a fazer o mesmo e não quero voltar a sentir o vazio que senti este ano. Muitas oportunidades apareceram e eu as ignorei. Não voltarei a faze-lo. Irei parecer oportunista e egoísta muitas vezes, mas eu tenho 27 anos e as oportunidades de refazer e recomeçar vão sendo menores. Não sou nova, mas também não sou velha e está na altura de construir uma vida. Infelizmente não posso tirar mais da minha vida para dar aos outros, pois eu tenho feito isso ao longo dos anos e eu não sigo em frente e acabo por ver precisamente os que ajudei a seguir em frente e eu mantenho-me na mesma. Isso não é evoluir nem viver e tem que parar.

I've spent 3 years of my life chasing a dream and a feeling that was not worth it. I don't want to do that again and I don't want to feel the emptiness I felt this year. Alot of oportunities appeared and I ignored them. I won't do that again. I will sound opportunist and selfish quite often, but I'm 27 and the opportunities to start over are getting scarse. I'm not young, but I'm not old and it's time to build a life. Unfortunately I can't take from my own life to give to others, because I have been doing that through the years and I end up seeing those that I helped moving foward and I continue the same. That's not evolving neither living and it has to stop.

Sinto imenso mas o foco agora sou eu. Tenho um mundo à minha frente e vou vive-lo. A solidão assusta-me, mas o desespero de não poder fazer mais nada e o medo de ter gasto todas as chances que a vida me está a dar é mais forte. Neste momento quero agarrar as oportunidades e criar e dar oportunidades de eu e os que estão à minha volta serem melhores pessoas (isso caso queiram claro). Se querem embarcar e fazer parte, sejam bem vindos. Se querem antes criticar o que foi feito no passado e apontar dedos e defeitos de forma destrutiva podem faze-lo, sair e não voltar porque, honestamente, não vos quero ver mais na vida nem preciso desse tipo de pessoas nela ... e já agora, se fazem isso devem ter uma vida tão má e tão podre que, coitados, precisam de destruir a dos outros para ficarem bem ... meus queridos ... na minha vida só eu é que mando e é uma perda do vosso tempo estarem a tentar destruí-la ;) 

I'm sorry but the focus now is on me. I have a world ahead of me and I'm going to live it. Solitude scares me, but the despear of not being able to do anything else and the fear of trowing away all the chances life is giving me is stronger. At the moment I want to grab the oportunities and create and give opportunites for me and those around me to become better people (that is if you want to obviously). If you want to get in and be a part of it, you're welcome. If you prefer to critize what has been done in the past and judge in a destructive way you can do it, leave and not come back because, honestly, I don't want to see you again in my life and I don't need that kind of people in it ... by the way, if you do that you must have such a bad and rotten life that, you poor things, you need to destroy other people's lives to feel good ... my darlings ... I'm encharge of my life and is a waste of your time trying to destroy it ;)


Assim ... os avisos ficam dados e eu vou seguir em frente ... 

So ... the warnings are sent and I will move foward ... 


Beijos e abraços e tal

Kisses and hugs and such



Rita




Sem comentários:

Enviar um comentário