segunda-feira, 18 de outubro de 2010

sábado, 9 de outubro de 2010

Um grande Homem (A great man)





John Lennon - Imagine

Imagine there's no heaven
it's easy if you try
no hell below us
above us only sky

Imagine all the people
living for today
Imagine there's no countries
it isn't hard to do
nothing to kill or die for
and no religion too

Imagine all the people
living life in peace
you may say that I'm a dreamer
but I'm not the only one
I hope someday you can join us
and the world will be as one

Imagine no possesions
I wonder if you can
no need for greed or hunger
a brotherhood of man

Imagine all the people
sharing all the world
you may say I'm a dreamer
but I'm not the only one
I hope someday you could join us
and the world can live as one

terça-feira, 5 de outubro de 2010

100 anos de República ...

Passaram-se 100 anos desde a Implantação da República e a questão que se põe é ... será que se cumpriu os ideais? Será que temos aquilo por que lutamos? ou as coisas continuam na mesma? Como seriam as coisas se continuássemos numa Monarquia?

Não se esqueça que a 1ª República foi um caos e consigo veio a ditadura que durou 48 anos ... 48 anos de sofrimento, 48 anos de controlo, 48 anos de tortura ... e esse facto é muitas vezes apagado do discurso dos republicanos ...

Queríamos uma nação melhor, queríamos liberdade, igualdade, fraternidade ... queríamos avançar, ser modernos, evoluir ... mas será que o fizemos? e se não, conseguiremos num sistema assim?

A República transformou o nosso país, mas não para algo tão idílico como se pensava na época ... Temos muito ainda que fazer, e pessoalmente, não quero deixar o meu país, pois parte de mim sente a obrigação de o ajudar a ser algo melhor e não desertar como tanta gente faz. Há que ter coragem e determinação para mudar. Não é contentar-se com discursos cliché "ah vou para fora que tenho mais oportunidades que aqui" ... Talvez não haja oportunidades porque também não as sabemos criar ... e ok há que admitir que os "big bosses" do Governo não tem isso como prioridade ... mas há que pressionar e exigir cada vez mais deles.

A República contudo, não é só caos. Há que relembrar também que Portugal faz parte da União Europeia, das Nações Unidas e da NATO. Uma coisa que um professor meu disse e que concordo plenamente é o seguinte "Os portugueses são os melhores trabalhadores do Mundo. O problema é que não sabem disso e não se aproveita o conhecimento que eles tem nem os recursos que eles têm".

Portugal realmente tem recursos, e o seu grande problema talvez é que não se saiba usa-los ou que não se use bem o que se tem ... e há que ensinar e chamar atenção às pessoas disso.

O nosso país é fantástico, as nossas gentes são únicas, e há que saudar todos os que lutaram para mudar Portugal e que acreditaram nas suas convicções.

Eu não irei abandonar minhas raízes ... pelo menos assim tão facilmente não




VIVA PORTUGAL 


domingo, 3 de outubro de 2010

4 meses ...




Shakira - Que me quedes tu

Que se arruinen los canales de noticias
Con lo mucho que odio la television
Que se vuelvan anticuadas las sonrisas
Y se extingan todas las puestas de sol
Que se supriman las doctrinas y deberes
Que se terminen las peliculas de accion
Que se destruyan en el mundo los placeres
Y que se escriba hoy una ultima cancion

Pero que me quedes tu
Y me quede tu abrazo
Y el beso que inventas cada dia
Y que me quede aqui
Despues del ocaso
Para siempre tu melancolia
Porque yoooo, yoo si, si
Que dependo de ti
Y si me quedas tu
Me queda la vida


Que desaparezcan todos los vecinos
Y se coman las sobras de mi inocencia
Que se vayan uno a uno los amigos
Y acribillen mi pedazo de conciencia
Que se consuman las palabras en los labios
Que contaminen todo el agua del planeta
O que renuncien los filantropos y sabios
Y que se muera hoy hasta el ultimo poeta

Pero que me quedes tu
Y me quede tu abrazo
Y el beso que inventas cada dia
Y que me quede aqui
Despues del ocaso
Para siempre tu melancolia
Porque yoooo, yoo si, si
Que dependo de ti
Y si me quedas tu
Me queda la vida... 


Mais 1 mês que passou ... e mais meses irão passar ... juntos

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Baby Baby Baby



Não consigo tirar esta canção da cabeça ...
Can't take this song out of my head ...


Esse vídeo e mais uma conversa que tive ao longo da semana fizeram-me pensar na forma como na actualidade vemos as relações que temos com as outras pessoas.

This Video and a conversation I had during this week made me think on the way we see our relationship with others nowadays.



Na minha perspectiva há 2 grandes grupos de pessoas: O grupo de pessoas que acha que o amor é ter um compromisso duradouro com outra pessoa e outro grupo de pessoas que vê o amor como algo tão complexo e diversificado que não dá para solidifica-lo numa só pessoa.

In my perspective there's 2 major group of people: The group of people that think love is a long lasting compromise with another person and other group of people that see love as something so complex e diversed that can't express it all with just one person.


São duas visões contraditórias, pois uma acredita que o amor só expresso de uma maneira e só se consegue sentir na totalidade com uma pessoa, enquanto que outra perspectiva diz que o amor não é a devoção que se tem a outra pessoa, que é um misto de sensações e que é expresso de formas diferentes em contextos diferentes e com diferentes pessoas.

Those are 2 contraditory perspectives, because one believes that love is only expressed one way and you can only feel in it all with one person, while other perspective says love is not the devotion that you have for one person, that is a combination of feelings and that is expressed in different ways, contexts and different people.



As pessoas tem tendência para dizer que uma é mais correcta ou mais acertada que a outra, mas, há que entender que nem uma nem outra são verdadeiras. Ambas tem um pouco de verdade nelas.

People have the tendency to say that one is more adequate than the other, but, people have to realise that neither one or other are true. Both are adequate in a way.



Esse é o grande problema dos nossos tempos nas relações. As pessoas na actualidade são tão focadas nelas próprias que não aceitam que os outros pensem de forma diferente delas e não percebem que todos temos a nossa própria perspectiva. Só a nossa perspectiva é que conta, não a dos outros. Isso leva a que haja imensos desentendimentos e falta de comunicação ... coisa que muitos casais sofrem na actualidade. Sem mencionar também que nunca há espaço e tempo.

That is the big issue of our times when it comes to relationships. People nowadays are so focused on themselves that they don't accept that others think differently from them and don't realise that we all have our own perspecive. Only us matter, not others. That leads into alot of missunderstandings and lack of communication ... a thing many couple suffer today. Not to mention that there's never space and time.



Dai ser mais conveniente que na actualidade as relações sejam mais descartáveis, que haja mais liberdade e menos compromisso. A pessoa fica com a vantagem de sentir um espectro maior de sentimentos e isso dá aquela maturidade que precisamos e sabemos o que somos e o que queremos, mas será que dá o conforto? será que dá aquela estabilidade e segurança que todos queremos? será que sentimos aquele afecto, carinho e companhia? será que temos aquele apoio especial?

Therefore is more convinient that recently relationships are more disposable, that there's more freedome and less commitment. The person has the advantage of dealing with a bigger spectrum of feelings and that gives tat maturity we need and we get to know who we are and what we want, but is that what gives comfort? is that what gives that stability and safety that we all want? is that what gives affection, care and company? is that what gives us that special support?



O que este vídeo retrata é precisamente essa mediocridade das relações ... onde ordena mais o físico, a falta de comunicação e o capricho (no vídeo ouve se frases como "vou namorar com teus amigos""quero ir dormir quando fores deitar""não quero ir de escadas, não há problema pois tu levas-me ao colo""quero usar o teu salário", entre outras). O nome da banda que fez esta canção chama-se Make The Girl Dance e o título é Baby Baby Baby. Pode-se dizer que esta canção tem um lado feminista, pois diz que a mulher pode  tem direito a fazer o que quizer ... mas será a liberdade de mal tratar e usar os homens a mensagem mais correcta a ser passada?

What this video portraits is precisely that mediocracy in relationships ... where the phisical, the lack of communication and pride take over (on the video you find phrases such as "I'm going to date your friends""I want to sleep when you wake up""I don't want to use the stairs, there's no problem you'll take me""I want to use your salary", amongst others). The name of the band that made this song is called Make The Girl Dance and the title is Baby Baby Baby. You can say that this song has a feminist side to it, because it says that women cand and have the right to do what they want ... but is freedom of hurting and using men the right message?



Eu pessoalmente sou mais virada para o compromisso e o tipo de comportamento expresso na canção deixa-me perplexa, pois eu nunca consideraria nada do que é dito ... e entristece-me que a grande prioridade na actualidade nas relações sejam essas.

I personally believe more on commitment and the behavior expressed on that song stuns me, because I'd never consider it ... and it saddens me that those are the main priorities in relationships nowadays.


Há que dizer também que o vídeo está genial. A ideia do vídeo é original, diferente e a melodia fica no ouvido. Foi filmado numa rua famosa em Paris e sim, é o que vocês pensam, elas despiram-se mesmo e andaram mesmo nuas e ...  isto foi tudo uma sequência, ou seja, elas ficaram estrategicamente num local da rua para depois se proceder à troca de roupa.

You also have to say that the video is great. The idea is original, different and the melody is catchy. It was shot in a famous street in Paris and yes, it's what you think, they really got naked and really walked naked and ... it was all a sequence, or by other words, they were put strategically on certain places in the street so that they could exchange clothes.



Até ao próximo post e não se esqueçam ... o Youtube é o mundo hehehehe
Till next post and don't forget ... Youtube is the world hehehehe



Rita